Biografia: Alfredo Bulhões Gago da Câmara

Convidado de honra: http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/ Alfredo Gago da Câmara - Músico e Compositor
Biografia: Alfredo Bulhões Gago da Câmara

Alfredo Bulhões Gago da Câmara nasceu na ilha de São Miguel, Açores, em Vila Franca do Campo no ano de 1958. Ainda criança, escola primária, denotou grandes aptidões para a música, iniciando nesta altura os primeiros acordes na guitarra clássica. Embora execute, com conhecimentos mínimos, diversos instrumentos musicais, especializou-se mais em instrumentos de cordas possuindo hoje a carteira profissional de viola e de guitarra portuguesa emitida pelo Sindicato dos Músicos Portugueses.
Alfredo Gago de Câmara, como é conhecido, é um músico que já actuou diversas vezes em todas as ilhas dos Açores (teatros, centros culturais, restaurantes, festas concelhias, eventos diversos, etc), Madeira (festas da Madeira whine, festas de São Vicente, etc), no continente português em diversos lugares e distritos, Lisboa (casa dos Açores, casas de fado, aula magna, etc). Acompanhou diversos artistas e fadistas sobejamente conhecidos em Portugal e também no estrangeiro, principalmente em países aonde existem comunidades portuguesas, tais como: América, Canadá, Luxemburgo, Brasil e Venezuela.
Por diversas vezes Alfredo Gago da Câmara participou em programas de rádio, e de televisão com actuações em grupo, ou a solo, ou acompanhando às guitarras outros músicos e artistas.
Alfredo Gago da Câmara emprestou a sua arte para cerca de 50 edições discográficas e algumas cassetes áudio. Nestas edições, ele próprio foi o produtor de 1 single, ainda em vinil, e 29 C.D's., aparecendo em alguns destes trabalhos a solo, com voz, execuções, orquestrações, composições e até como autor de muitos poemas, estando neste momento a escrever um livro aonde pretende deixar também estes registos. Possui dezenas de temas da sua autoria, por ele editados, ou interpretados por outros músicos e cantores. Muitas destas criações hoje estão registadas na Sociedade Portuguesa de Autores da qual é sócio desde 1980 com o número 8.130.
Actualmente, Alfredo Gago da Câmara é diversas vezes solicitado para actuações de câmara, principalmente na área do fado, no entanto, faz composições, execuções e orquestrações de outros géneros musicais no seu estúdio particular de gravação, que utiliza também para a produção das suas próprias criações.
Alfredo Gago da Câmara foi professor de viola da terra no Conservatório Regional de Ponta Delgada e de guitarra clássica nas escolas da M.M. Music em Ponta Delgada. Foi também formador de diversos cursos de instrumentos de cordas em Santo António, Lagoa, Fenais da Luz, Vila Franca do Campo, freguesia de Calhetas, Ribeira Seca da Ribeira Grande, Matriz da Ribeira Grande, Rabo de Peixe, Pico da Pedra, etc.
Alfredo Gago da Câmara também foi monitor de cursos de expressão musical na Escola profissional de Capelas, Escola Profissional de Ribeira Grande e é desde oito anos o responsável pelas actividades culturais na Fundação Escola Profissional de Vila Franca do Campo, exercendo o cargo de Técnico de Apoio às Áreas Sócio-culturais nesta instituição. Possui diploma de Formação de Formadores, diploma em vigor de formador emitido pela Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada e é certificado pela Direcção Regional da Juventude, Emprego e Formação Profissional dos Açores.
Alfredo Gago da Câmara é casado com Piedade Rêgo Costa, fadista açoriana, possuidora de uma voz impregnada de sentimento que também já gravou dezenas de fados editados em cds. Emprestou também a sua voz para bandas sonoras televisivas, cantou em todas as ilhas dos Açores e realizou centenas de espectáculos, incluindo casas de fado também em Lisboa, Estados Unidos e Canadá, o que lhe valeu o prémio açoriano de carreira em 2008. No próximo mês de Março, Alfredo e Piedade Rêgo Costa irão lançar mais um álbum a solo nos Açores e em Lisboa intitulado "Fados e Guitarradas".

Alfredo Gago da Câmara afirma que no centro de todas as coisas, que fez, que faz ou em que participa, encontra sempre um coração de fadista, que é seu, e que palpita sempre que os seus braços abraçam uma viola ou uma guitarra portuguesa.

Janeiro 2010

Convidado de Honra pelo autor povoense Quelhas “Alfredo Bulhões Gago da Câmara”

alfredogagocamara@sapo.pt
estudiosalfa@hotmail.com
http://www.youtube.com/user/Guitarrista211158
http://hi5.com/friend/p310010632--Alfredo_Câmara--html

sábado, 30 de janeiro de 2010

CANTARES ÀS ESTRELAS

NOITE DAS ESTRELAS – TRADIÇÃO SECULAR

A noite do dia um para o dia dois de Fevereiro é véspera do dia de Nossa Senhora da Estrela, vulgarmente conhecida por Senhora das Candeias. Ao escurecer grupos de cantares percorrem pela noite dentro as ruas das suas freguesias. Estes grupos visitam familiares e amigos fazendo serenatas às portas das suas casas. Nessas cantigas de versos populares, normalmente com quadras de improviso, apela-se aos donos da casa para abrirem a porta ao grupo na noite fria, o que geralmente acontece. São servidos alguns doces e licores (sobras deliciosas mais apuradas do Natal) e se o Carnaval é baixo servem-se também fatias douradas e “malassadas”, típico doce do Entrudo açoriano. Depois, cantando já dentro da casa, o grupo presta homenagem a quem os recebeu, sempre com referências de paz e saúde para a família visitada e com veneração à Virgem Maria e ao Menino Jesus. Depois de molhar o bico, retiram-se a cantar, tal como entraram, mas desta vez com quadras de agradecimento e de despedida aos donos da casa. A noite das Estrelas encerra toda a época natalícia do ano.
Era assim, e ainda é assim que se vive a Noite das Estrelas nos Açores. Na próxima segunda feira, dia um de Fevereiro, largas dezenas de grupos de cantares vão para a Noite das Estrelas na ilha de São Miguel. Principalmente nos concelhos da Ribeira Grande, Vila Franca do Campo e Lagoa. Hoje, de uma forma mais organizada, promove-se um desfile de diversos grupos que, após percorrerem algumas ruas do seu concelho, culminam com uma cantata em frente à Câmara Municipal. O principal objectivo desta “modernidade” é confraternização entre os músicos e cantores dos grupos com a autarquia e a população do concelho ou visitantes. É também incentivar estes mesmos grupos, aonde se integram já muitas crianças, à continuidade da tradição com cantatas pelas casas e pelas ruas das suas freguesias, nesta noite, logo após o desfile municipal.
Entre cerca de duas dezenas de composições que já fiz para as Estrelas, muitas delas interpretadas nesta noite, em 2006 escrevi umas quadras que fogem um pouco à regra da recepção e dos agradecimentos habituais, mas que gosto particularmente.
Espero que também sejam do vosso agrado.


ESTRELAS DAS CAMPESINAS
Nesta noite das Estrelas,
toda a luz sem se apagar
curva-se atrás das janelas,
abertas de par em par…

Até o Sol que é Estrela!
Tão cedo se foi deitar,
deixou sua luz mais bela
no reflexo do luar!

Quando se fixou no meu,
o teu olhar da janela
deu-me a doçura do Céu,
no cintilar de uma Estrela.

Quando a tua boca ardente
me brindou com um sorriso,
Vi uma Estrela cadente
a descer do Paraíso…

As Estrelas, com certeza,
levarão a outro mundo,
do teu olhar a beleza
que me deste num segundo!

E se uma delas surgir,
cadente, no firmamento,
p’ra quem irás tu sorrir
como naquele momento?

Letra e Música de: Alfredo Bulhões Gago da Câmara 2006

8 comentários:

Alfredo Gago da Câmara disse...

Quero ser eu o primeiro a deixar um comentário, não para mim prório, mas para agradecer ao amigo "Quelhas" pelo facto de ter idealizado e tomado a iniciativa de abrir este blogue em meu nome. Quando lhe confessei por escrito, pois nunca sequer ouvimos a voz um do outro, que ainda era "um nabo" em termos informáticos e que por conseguinte não tinha blogue, imediactamente no dia a seguir este senhor surpreendeu-me com o trabalhinho todo feito e mandou-me por email o link, palavra passe... Tudo!
Foi apenas mais um desafio. Para não decepciona-lo tive que aprender algumas coisinhas e... Cá estou!
Não prometo mundos e fundos. Irei surgindo... Calmamente... Assim! De vez em quado.
Obrigado Quelhas e espero um dia vê-lo nos Açores.

Anónimo disse...

Interessante e engraçado. Fica-se à espera de mais ...

Para o Alfredo "Gago" disse...

Poema... 2002

O poema vem da inspiração,
Que se vive em cada momento,
Escreve-se com crença e emoção,
Com alma e pensamento...

Na escuridão da noite,
Talvez me afoite,
Para melhor pensar,
E o silêncio me ajudar...

Até que a caneta ESCREVA!


Quelhas

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... disse...

Gratidão ao Centro Lusitano de Zurique que, como em anos anteriores, cantam as “Janeiras”, desta vez a verba vai ser dividida entre duas causas, “Associação de Deficientes Visuais do Distrito de Braga” e “Bruna” – menina que sofre de Displasia Septo-Óptica (Síndrome de Morsier” que já publicitei várias vezes em Blogues, e adiantando; A “Bruna” já partiu para a cidade de Guangzhou City no sul da China, para proceder ao seu tratamento.

inserto do texto: Críticas Sociais Construtivas e Elogios por “Quelhas”

Publicada por Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor!

http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/

Estrelinha disse...

Assistiu-se a uma linda noite de estrelas em Vila Franca do Campo. O tempo ajudou e os grupos estiveram no seu melhor.

Anónimo disse...

[url=http://www.mulberryinoutlet.co.uk]Mulberry outlet[/url] habitat and frequency as Black-Tailed. http://dkgoose.com Figlnnuxv [url=http://www.louboutinoutletuks.co.uk]christian louboutin uk[/url]
qxtyuv 667585 [url=http://www.chilliwackbombersoutlet.com]canada geese pictures[/url] 397612 [url=http://www.beatsbydreaonsales.com]cheap dre beats[/url]

Anónimo disse...

http://louboutinmart.co.uk In our research, we show that such a strategy can backfire and that a single savings goal can actually result in an increased savings rate (compared with) multiple savings goals, the researchers wrote.. [url=http://dkgoose.com]Canada Goose Parka[/url] Yvbnnarxm [url=http://csrhelix.com]canada goose jakke[/url]
zsqqoa 979943 [url=http://www.chilliwackbombersoutlet.com]canada goose aviator[/url] 076134 [url=http://www.officialcanadagooseparkas.ca]canada goose jackets[/url]

Anónimo disse...

[url=http://www.mulberryinoutlet.co.uk]Mulberry uk[/url] Now, many analysts are declaring the end of megadeals in Australia and the beginning of the next phase of industry consolidation, one involving small- and mid-cap companies.. [url=http://dkgoose.com]Canada Goose jakke[/url] Xybkyyvzm [url=http://csrhelix.com]canada goose jacka[/url]
xmbfzw 865812 [url=http://www.chilliwackbombersoutlet.com]yorkville canada goose[/url] 792654 [url=http://www.officialcanadagooseparkas.ca]canada goose jackets sale toronto[/url]